Mónica Fernandes assume presidência da Festa de Todos os Santos

Mónica Fernandes é desde o passado dia 29 de Março a presidente da Festa de Todos os Santos. Eleita por unanimidade, a nova presidente da emblemática Festa de...

348
348

Mónica Fernandes é desde o passado dia 29 de Março a presidente da Festa de Todos os Santos.

Eleita por unanimidade, a nova presidente da emblemática Festa de Quinta do Anjo, “recebeu” uma Festa com “boa saúde financeira”, o que lhe irá permitir preparar a edição deste ano com “algum conforto financeiro”.

Em declarações ao Jornal do Pinhal Novo, a agora presidente da Festa de Todos os Santos, começou por explicar que “o facto de ser filha da terra, e residir em Quinta do Anjo há 41 anos”, a levou a encabeçar uma lista para a direcção da mais antiga festa do concelho de Palmela.

Embora a anterior direcção ainda tivesse um ano de mandato para cumprir, Mónica Fernandes, explicou que tal eleição “ficou a dever –se à necessidade de reestruturação da equipa para trabalhar, para fazer festas e eventos para a população, e como tal da direcção do não passado”.

“Não podemos ter na direcção pessoas que pretendem promover-se a si próprias”, daí a necessidade de reestruturar-se a direcção da Festa de Todos os Santos”, pois numa direcção composta por 10 ou 12 pessoas, só 4 ou 5 trabalharam. Valeu-nos as ajudas de alguns populares e voluntários que nos ajudaram”.

“Uma vez que as ajudas são poucas, e como vivemos com as ajudas da população, como tal necessitamos de criar outros eventos de modo a angariar verbas para pôr de pé a Festa de Todos os Santos”, explicou Mónica Fernandes, lembrando que o balanço dos último ano “foi muito positivo”, na medida em que “conseguimos trazer coisas novas para a festa, como foi o caso do fogo-de-artifício, algo que há muitos anos que não se fazia”.

Para Mónica Fernandes, uma das condicionantes da festa é o tempo, visto em Novembro, “nem sempre conseguimos ter bom tempo”, mas a garante que um dos objectivos da actual direcção passa por “chamarmos cada vez mais pessoas à festa, sobretudo os mais jovens”.

Embora ainda não tenham começado a trabalhar em concreto para a Festa de Todos os Santos, que este ano terá 6 dias de certame, o objectivo imediato passa “por criar eventos com vista a angariar verbas para a realização da festa, um deles será a criação da primeira edição da Blue Party, para além da Festa dos Sabores, da Sardinhada e do autocross, iniciativa promovida o ano passado e que correu bem”.

 

In this article