GNR deteve indivíduos com mais de 1500 doses de canábis

O Núcleo de Investigação Criminal de Palmela deteve, ontem, dois homens de 35 anos, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes, em Palmela. A detenção ocorreu, no...

390
390

O Núcleo de Investigação Criminal de Palmela deteve, ontem, dois homens de 35 anos, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes, em Palmela.

A detenção ocorreu, no âmbito de uma investigação que durou nove meses, e onde foi possível apurar que os suspeitos tinham uma relação de vendedor/comprador de produto estupefaciente, sendo que um dos suspeitos comercializava o produto que adquiria na zona da Quinta do Conde e Barreiro.

No decorrer das diligências realizadas pela GNR foram realizadas sete buscas, das quais quatro domiciliárias e três em veículos, nas localidades de Palmela, Quinta do Conde e Barreiro, onde foram apreendidos materiais relativamente ao ilícito, dos quais se destacam: 1 505 doses de canábis em resina; 11 doses de canábis; 4 doses de cocaína; uma arma de fogo; uma arma de pressão de ar, assim como, 49 munições; duas viaturas e 17 916 euros em numerário.

De acordo com a GNR, os detidos permaneceram nas instalações desta Guarda, até serem presentes, hoje, para primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Setúbal.

De referir que a operação contou com o reforço do Destacamento Territorial do Montijo, do Destacamento de Intervenção, da estrutura de investigação criminal do Comando Territorial de Setúbal, da Unidade de Intervenção e da Polícia de Segurança Pública.

In this article