Abril Jazz Mil regressa a Palmela: Luísa Sobral apresenta mais recente trabalho

O Festival que celebra o Jazz regressa a Palmela e à Sociedade Filarmónica Humanitária para duas noites de grande qualidade. Dias 26 e 27 de Abril o jazz...

171
171

O Festival que celebra o Jazz regressa a Palmela e à Sociedade Filarmónica Humanitária para duas noites de grande qualidade.

Dias 26 e 27 de Abril o jazz toma conta do palco da Sociedade Filarmónica Humanitária para receber a Orquestra da Jazz Humanitária, que convida este ano, os jovens talentos Nazaré da Silva e Bernardo Tinoco. A noite termina com café-concerto em jeito de jam session no Bar da colectividade.

No dia 27, sobe ao palco a Luísa Sobral para apresentar o seu mais recente trabalho ‘ROSA’, e logo de seguida a organização fecha o evento com concerto da Daniela Melo.

 

Orquestra de Jazz Humanitária:

Saudosos de tempos que já lá vão, onde as orquestras e as variedades inundavam o palco da Sociedade Filarmónica Humanitária com a vontade de recriar tempos áureos, nasceu em Novembro de 2007 a ORQUESTRA DE JAZZ HUMANITÁRIA, sob a orientação artística de Claus Nymark.

A Orquestra de Jazz Humanitária apresenta um programa muito seleccionado procurando recriar a sonoridade da tradicional Big Band e seu repertório, não deixando no entanto de visitar alguns temas mais “quentes” como a Garota do Ipanema entre outros.

Sendo sempre muito aclamada pelo público, a OJH tem-se apresentado em diversos Teatros e Auditórios tendo como convidados alguns dos nomes de mais destaque do panorama jazístico Português, como a cantora Paula Oliveira, Rita Maria, Marta Hugon, os saxofonistas Jorge Reis e Ricardo Toscano, o vibrafonista Jeffery Davis o clarinetista Paulo Gaspar, João Barradas, Ivo Soares e Carmen Matos, entre muitos outros solistas e convidados.

 

Nazaré da Silva

Nazaré da Silva nasceu a 13 de Setembro de 1997, em Lisboa. Estudou jazz vocal na escola de Jazz Luiz Villas Boas/Hot Clube Portugal. Actualmente é estudante da licenciatura em Jazz da Escola Superior de Música de Lisboa. Gravou o disco “Crime” com João Paulo Esteves da Silva e Samuel Dias. Faz parte do projecto “Perdiz” juntamente com Valério Romão, JPES e Pedro de Moura.

 

Bernardo Tinoco

Bernardo Tinoco nasceu no ano de 2000 em Lisboa. Estuda saxofone desde 2010 e já foi orientado por Hélder Alves, João Capinha, Ricardo Toscano, João Pedro Silva, João Mortágua e Pedro Moreira nas vertentes da música erudita e jazz. Actualmente lidera o Quarteto MIGA com o qual já se apresentou em várias salas e festivais do país e colabora regularmente com Big Bands e outras formações.

 

Luísa Sobral – ‘ROSA’

Editado em Novembro de 2018, ‘Rosa’ foi produzido pelo catalão Raül Refree – um dos mais prestigiados produtores e multi-instrumentistas de Espanha (produtor de nomes como Mala Rodriguez, Silvia Pèrez Cruz, Rocío Márquez e Rosalía) – e foi, todo ele, gravado como se fosse ao vivo. Para além da voz e guitarra, Luísa Sobral e o seu produtor privilegiaram os instrumentos clássicos: um trio de sopros e percussão clássica.

‘Rosa’ é o álbum mais pessoal, maduro e intimista de Luísa Sobral. A beleza das composições é realçada pelo despojamento dos arranjos e pela cumplicidade criativa entre Luísa e Refree.

Para apresentar o novo trabalho, Luísa Sobral subirá ao palco com uma formação inédita. A seu lado terá Manuel Rocha nas guitarras e um trio de sopros formado por Sérgio Charrinho no fliscorne, Ângelo Caleira na trompa e Gil Gonçalves na tuba.

 

Daniela Melo

Através dos versos e das melodias da canção brasileira contactamos com a história de um povo que poeticamente canta o amor, a luta de classes, a pobreza, mas sobretudo, a alegria de viver.

A admiração e cumplicidade por este universo musical leva a cantora Daniela Melo a embarcar numa viagem onde os ritmos do Brasil nos conduzem a um conjunto de histórias e de imagens. Do samba, ao chorinho, da bossa nova, à música popular brasileira (MPB), recorda grandes compositores e intérpretes como Vinicius de Moraes, Toquinho, Cartola, Milton Nascimento, João Gilberto, Chico Buarque, Elis Regina, Tom Jobim, entre outros.

A premissa dada pelo ritmo faz-nos mergulhar numa aventura pela música e pela palavra vindas do Brasil. Acompanhada por Cláudio Andrade (no piano) e Joel Silva (na bateria) integrará a programação do festival “Abril Jazz Mil” na noite do dia 27 de Abril.

 

Informações e Bilheteira:

Secretaria da SFH

Horário: seg a sex das 09h às 18h00 e sábados 08h30 às 17h00

212 350 235 / geral@sfh.pt

 

Bilhete 26 de Abril

Sócios – 5€ / Não sócios – 7,50€

 

Bilhete 27 de Abril

Sócios – 12,50 / Não sócios – 15€

 

Bilhete 26 e 27 de Abril

Sócios – 15€ / Não sócios – 20€

In this article