3.ª edição da Clássica da Arrábida: Palmela na rota do ciclismo internacional

Os grandes nomes do ciclismo nacional e internacional vão passar por Palmela, no próximo  dia 17, durante a 3.ª edição da Clássica da Arrábida, que decorre, em...

157
157

Os grandes nomes do ciclismo nacional e internacional vão passar por Palmela, no próximo  dia 17, durante a 3.ª edição da Clássica da Arrábida, que decorre, em simultâneo, com o 5.º Granfondo da Arrábida. As provas foram apresentadas na passada semana, na Casa da Baía, em Setúbal, ocasião em que foi também lançado o Guia de Percursos Cicláveis da Arrábida.

De recordar que a Clássica da Arrábida é uma organização conjunta das Câmaras Municipais de Palmela, Sesimbra e Setúbal com a Federação Portuguesa de Ciclismo e com a Lima e Limão Cycling Services. A prova, pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e integrada no calendário da União Ciclista Internacional, é um evento-chave para promover Palmela e todo o território da Arrábida como um destino de ciclismo.

Com um percurso de 182,3 quilómetros, caracterizado por subidas curtas e exigentes e troços de terra-batida, a edição de 2019 terá partida no Largo de S. João, em Palmela, às 11h40, e também um Prémio de Montanha em Palmela, às 13h40. Para além destes dois momentos, o público pode, ao longo do dia, acompanhar e torcer pelos atletas em vários pontos do circuito. A prova passa também pela Avenida Luísa Todi, em Setúbal (12h40) e termina no Castelo de Sesimbra (16h00). O pelotão terá 22 equipas, oriundas de sete países (Portugal, Espanha, Rússia, Suíça, Luxemburgo, Grã-Bretanha e Noruega), num total de mais de uma centena e meia de ciclistas.

No mesmo dia, a região irá acolher a 5.ª edição do Granfondo da Arrábida, que se espera que junte cerca de mil participantes amadores, distribuídos por dois percursos: o granfondo, com 129 quilómetros e um acumulado de subida de 1.700 metros, e o mediofondo, com 89 quilómetros e um acumulado de 1.175 metros. Com partida e chegada em Sesimbra, o Granfondo da Arrábida pretende promover o ciclismo para todos.

Durante a apresentação da prova, o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, não tem dúvidas de que a Clássica da Arrábida é “um projecto que se consolidou” e que se distingue por apresentar uma «nova filosofia de organizar eventos», ao ser “uma corrida que consegue unir três territórios à volta da marca Arrábida”.

Por sua vez, o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Palmela, Luís Calha, concorda que a prova “afirmou-se, ao longo destes anos, e tem já a sua identidade e marca”. A forma como é organizada representa uma “parceria de sucesso”, que vai “ao encontro da estratégia do Município de promoção do território Arrábida”, realçou. Luís Calha acredita que esta que é já a “prova rainha do ciclismo na região de Setúbal tem todas as condições para continuar a evoluir”, desafiando outras entidades a juntarem-se a esta parceria.

“A Clássica da Arrábida é a receita perfeita, pois consegue congregar os melhores ingredientes que estes três territórios têm para oferecer”, considera o vereador do Desporto da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, destacando as “condições incontornáveis para a prática desportiva”, e do ciclismo em particular, que a Arrábida apresenta.

Para o presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Francisco Jesus, esta prova vem “dar notoriedade à marca Arrábida” e é uma forma de, “através do desporto, trazer valor acrescentado à economia destes três territórios”.

3.ª Clássica da Arrábida – Especial Circuito Palmela

 

11h40 – Partida: Largo de S. João, Palmela

11h45 – Quinta do Anjo: N379

Entre as 13h15 e as 13h30 – Avenida da Liberdade, Águas de Moura

Entre as 13h25 e as 13h40 – Poceirão

Entre as 13h55 e as 14h10 – Passagem pela Avenida Padre Nabeto

Entre as 14h00 e as 14h15 – Fim da Estrada da Cobra

Entre as 14h00 e as 14h15 – Prémio de Montanha: Paços do Concelho, Palmela

Entre as 14h10 e as 14h25 – Quinta do Anjo: N379

Entre as 14h15 e as 14h30 – Cabanas: N379

 

 

Arrábida já tem Guia de Percursos Cicláveis

 

 

A apresentação da Clássica da Arrábida foi também a ocasião ideal para o lançamento do Guia de Percursos Cicláveis da Arrábida, o segundo a nível nacional, já que só existia um instrumento deste género para a região do Algarve.

De acordo com a autarquia palmelense, este Guia vai permitir “a prática de ciclismo na Arrábida com maior segurança, qualidade e conforto, apresentando-se, ao mesmo tempo, como uma ferramenta de promoção da região”.

Pensado para todos os utilizadores de bicicleta, o Guia apresenta 13 sugestões de trajectos pelos três concelhos da Arrábida, com quatro graus de dificuldade, assim como os locais de interesse a visitar pelos turistas em bicicleta.

Para já, o Guia apenas está disponível em formato digital, no site da Federação Portuguesa de Ciclismo (www.fpciclismo.pt) mas, em breve, terá também a versão impressa (em português e inglês), distribuída gratuitamente.

 

Clássica da Arrábida condiciona trânsito na Vila de Palmela

De referir que a prova vai implicar o corte/condicionamento de vias e a proibição de estacionamento de veículos em vários locais da Vila de Palmela, durante o fim de semana de realização da prova. As infracções estarão sujeitas a penalização (reboque e coima).

 

Proibição de estacionamento de veículos

 

Entre as 12h00 do dia 16 de Março (sábado) e as 14h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Parque de estacionamento da Quinta da Cerca, junto à Escola Básica Joaquim José de Carvalho

 

  • Estacionamento da Rua Quinta da Cerca

 

Entre as 7h00 e as 14h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Rua Gago Coutinho e Sacadura Cabral (entre a Rua Infante D. Henrique e o Cineteatro S. João)

 

Entre as 9h00 e as 15h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Rua Hermenegildo Capelo

 

  • Praça Duque de Palmela

 

  • Largo do Município

Entre as 13h00 e as 15h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Avenida dos Bombeiros Voluntários (entre o Largo 5 de Outubro e a Avenida Dr. Juiz José Celestino Ataz Godinho de Matos)

 

  • Avenida Dr. Juiz José Celestino Ataz Godinho de Matos (fora dos locais reservados para o efeito)

 

  • Avenida da Liberdade (fora dos locais reservados para o efeito)

Corte de vias

 

Entre as 7h00 e as 14h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Corte da Rua do Largo S. João Batista

 

  • Corte de trânsito do troço da Rua de Olivença, Rua General Amílcar Mota e Rua Gago Coutinho e Sacadura Cabral

 

Condicionamento de circulação de veículos

 

Entre as 13h00 e as 15h00 do dia 17 de Março (domingo)

 

  • Rua Augusto Cardoso

 

  • Rua Afonso de Albuquerque

 

  • Rua Hermenegildo Capelo

 

  • Rua Joaquim Brandão

 

  • Rua Heliodoro Salgado

 

  • Rua 31 de Janeiro

 

  • Rua da Ladeira

 

  • Travessa Hermenegildo Capelo

 

  • Praça Duque de Palmela

 

  • Rua Miguel Bombarda

 

  • Rua do Castelo

 

  • Largo do Município

 

  • Rua de Nenhures

 

  • Rua Luís de Camões

 

  • Alameda D. Nuno Álvares Pereira

 

  • Rua do Salgueiro

 

  • Estrada do Cemitério

 

  • Largo 5 de Outubro

 

  • Avenida dos Bombeiros Voluntários (entre o Largo 5 de Outubro e a Avenida Dr. Juiz José Celestino Ataz Godinho de Matos)

 

  • Avenida Dr. Juiz José Celestino Ataz Godinho de Matos

 

  • Avenida da Liberdade

 

In this article