2ª Fase da ciclovia de Pinhal Novo com mais 2 quilómetros

  Foi aprovada a candidatura ao Portugal 2020 que permite ao município de Palmela proceder à realização da segunda fase da ecopista do Pinhal Novo, que liga à ciclovia...

4965
4965

 

Foi aprovada a candidatura ao Portugal 2020 que permite ao município de Palmela proceder à realização da segunda fase da ecopista do Pinhal Novo, que liga à ciclovia já existente com o concelho de Montijo, na Jardia. Esta acção integra a operação intermunicipal CICLOP7 – Rede Ciclável da Península de Setúbal, que visa a criação de uma rede ciclável e de alguns troços pedonais em toda a Península de Setúbal, a ligação do Sado, do Tejo, do Atlântico e da Serra da Arrábida e a promoção dos modos suaves nos movimentos pendulares, a partir das principais estações rodoferroviárias e marítimas-fluviais,

De acordo com a Câmara de Palmela a “intervenção abrange um troço com mais de dois quilómetros de extensão, com um perfil idêntico à existente, assente sobre o antigo canal ferroviário. Está, também, contemplado o arranjo paisagístico, a colocação de mobiliário urbano, a criação de 14 atravessamentos para acesso às propriedades e iluminação”.

Inserida numa estratégia da autarquia de Palmela para a promoção da mobilidade suave, que se interliga com intervenções já concluídas e outras que vão ser candidatadas em breve, “espera-se dar um importante contributo para a banalização do uso da bicicleta em articulação com os meios de transporte públicos e para fomentar novas formas de interpretação dos territórios, desenvolvendo a fruição social, a humanização e a coesão dos espaços”.

Recorde-se que a operação M1. CICLOP7 – Rede Ciclável da Península de Setúbal – Concelho de Palmela (troço do Pinhal Novo, 2.ª Fase) representa um investimento de 350 mil euros, cofinanciados em 50% pelo FEDER, no âmbito da candidatura ao PORLisboa2020, inserida no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano – Plano de Acção de Mobilidade Urbana Sustentável (PEDU-PAMUS).

No decorrer deste ano,a edilidade palmelense vai submeter mais candidaturas a esta linha de financiamento, com vista à criação dos troços Palmela – Pinhal Novo; Palmela – Aires; Ciclovia de Aires – 2.º e 3.º troços; Palmela – Quinta do Anjo – Cabanas; outros troços / corredores cicláveis.

 

 

In this article